VEJA CUIDADOS E TRATAMENTOS PARA A REGIÃO DOS OLHOS E TESTA

“A pele dessa região carrega peculiaridades que também demonstram bons ou maus hábitos, emoções como alegria ou tristeza (evidenciada por rugas) e sinais de cansaço (perceptíveis quando olheiras aparecem), euforia e estresse. Mas quando falamos do olhar, uma das grandes preocupações é a queda das pálpebras”, explica o dermatologista Abdo Salomão Jr., membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

“A região periocular representa um dos elementos que mais chamam a atenção, pois costuma trazer os primeiros sinais de envelhecimento da face. É exatamente por isso que cresce no mundo a busca pela blefaroplastia, a cirurgia para flacidez de pálpebra – e também por procedimentos não invasivos para essa região”, explica o cirurgião plástico Felipe de Bacco, coordenador do núcleo de cirurgia plástica em face da Baps (Brazilian Association of Plastic Surgeons).

A queda das sobrancelhas pode ser causada pelo envelhecimento, ser consequência de alguma alteração palpebral ou ter relação com a genética, segundo o dermatologista. Já a região abaixo dos olhos, além das características anatômicas e genéticas, pode apresentar sinais de envelhecimento por maus hábitos e falta de hidratação.

Segundo Maria Eugênia Ayres, farmacêutica e gestora técnica da Biotec Dermocosméticos, características específicas dessa pele requerem cremes específicos para a região.

“Um dermocosmético para área dos olhos é formulado para desenvolver atuação pró- aging nessa pele que é naturalmente mais fina, evidencia mais as marcas, além do problema das olheiras. Esses cremes específicos para a área contêm em sua formulação ingredientes na concentração e na textura ideais para tratar de forma não irritativa a área dos olhos, resolvendo muitas vezes problemas de rugas, bolsas, flacidez e o controle das olheiras. É fundamental usar creme específico para área dos olhos. Não devemos usar creme do rosto para área dos olhos, isso porque essa é uma área com característica e estrutura epidérmica diferenciada”, explica.

Também é possível estimular colágeno e combater as desordens de pigmentações, que causam olheiras nas regiões, com as tecnologias, como o laser Pico Ultra 300 que, segundo Salomão Jr., apresenta uma reação fotoacústica. “Ele é chamado de laser ultrarrápido. Dessa forma, o tratamento pode clarear manchas e olheiras e, também, rejuvenescer”, diz. “Após cada tratamento, a pele fica no máximo um pouco avermelhada, não apresenta edema e o paciente pode até voltar ao trabalho imediatamente. Não tem dor”, complementa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo